Extensor de pênis é avaliado por médicos

Afinal, tamanho é ou não é documento? Se é, quanto vale em investimento? Os cirurgiões reunidos na Flórida neste final de semana acham que é documento, sim, e que vale muito. Tanto acreditam que este é o quinto ano em que se encontram para o Congresso Mundial de Aumento de Pênis, da Academia Americana de Cirurgiões Plásticos do Pênis.

O encontro coincide com dois fatos que têm a ver com brasileiros. O primeiro foi a aprovação pelo Ministério da Saúde de um aparelho para alongamento do pênis. A aprovação do extensor consta da resolução 127, publicada no “Diário Oficial” da União de 9 de outubro.

O outro fato é a apresentação, hoje, no congresso da Flórida, do suposto maior caso de alongamento conseguido até agora no mundo. O paciente, que começou a utilizar o aparelho porque seu pênis media 11 cm de comprimento, recebeu alta quando atingiu 16 cm, mas continuou com o extensor por conta própria, chegando a 27 cm, veja que não é um exercício peniano.

O extensor é considerado um aparelho de fisioterapia, na mesma classificação de um aparelho ortodôntico. Segundo o médico, a pressão que exerce sobre o pênis “ativa a divisão celular”, provocando um aumento de 2 a 3 cm a cada seis meses de uso. Também estaria beneficiando homens que sofrem da doença de Peyronie, que provoca o entortamento do pênis. “Só me incomodou nos primeiros 15 dias, depois nem percebia que estava usando”, afirma o técnico em informática R.S., do interior de São Paulo.

Segundo Fischer, o aparelho deve ser usado por pelo menos 12 horas por dia e é facilmente retirado e colocado pelo usuário.

O extensor, que já foi aprovado na Europa e é vendido nos EUA -embora ainda não tenha aprovação oficial- custa de US$ 700 a US$ 800. Segundo Fischer, o aparelho já vem sendo receitado por andrologistas e urologistas de várias capitais. Estima-se que pelo menos 3.000 brasileiros já o usem.

A vantagem do extensor é que, para a maioria das pessoas insatisfeitas com o tamanho do pênis, ele dispensa a cirurgia. A operação, na maior parte dos casos, consiste em soltar os ligamentos, o que pode render um aumento de 2 a 4 cm. Em alguns casos, os dois métodos são associados, gerando “ganhos maiores”, segundo Alfredo Donis Romero, especialista em cirurgia vascular e diretor do Ibrasexo (Instituto Brasileiro para a Saúde Sexual).

Advertências

Para boa parte dos médicos especialistas no assunto, no entanto, tanto o alongamento quanto a cirurgia são condenados. “Não há literatura séria que mostre que a cirurgia é efetiva”, diz o urologista Sidney Glina. “O mesmo ocorre com aparelhos que prometem um aumento do pênis.” Glina é o primeiro latino-americano escolhido para presidir a Isir, sigla em inglês para a Sociedade Internacional de Pesquisa em Impotência.

Segundo a Sociedade Americana de Faloplastia, justamente a que reúne os cirurgiões plásticos do pênis, cerca de 80% dos homens se sentem inseguros com relação ao tamanho do membro. Uma pesquisa feita pelo Ibrasexo, que reuniu 3.526 perguntas ou queixas de homens que entraram em contato com o instituto, revelou que 47,2% deles manifestaram preocupação com o tema.

 

Fonte: Folha de São Paulo

Perder fios de cabelo pode ser um sinal de alguma doença

A calvície atualmente entre os homens é considerada um dos maiores inimigos.

Associam a herança genética a queda de cabelo, porém, o prejuízo só fica na parte da estética, mas existem algumas situações em que a queda de cabelo está diretamente ligada a outras doenças.

Normalmente, nós temos uma perda de 50 a 100 fios diariamente, esse fator é parte natural do processo de reconstrução capilar.

Tal fato não altera visualmente o couro capilar, no entanto se a perda for maior do que o informado é possível já ver a diferença na cabeça.

Alguns fatores emocionais estão fazendo com que a queda de cabelo seja cada vez mais acelerada.

Os especialistas chamam de alopecia traumática, que pode ocorrer por estresse, qualquer alteração psíquica repentina ou por algum trauma seguido de depressão profunda.

A alopecia areata é quando esses problemas emocionais aceleram a queda de cabelo em pontos isolados da cabeça, esse fato faz com que o homem também fica sujeito a caspa, pois a produção de óleo pelas glândulas cebáceas é aumentada.

Geralmente quando o problema é solucionado ou amenizado, o cabelo volta a crescer normalmente.

Outros fatores que podem causar a queda de cabelo

Na alimentação a falta de ferro pode fazer com os fios de cabelo comecem a cair, pois o sangue necessita desse nutriente para dar energia a cabelo e unhas.

Os cabelos também são prejudicados quando temos alguma doença renal, pois alterações nas proteínas do sangue provocam enfraquecimento das unhas e cabelos.

O hipotireoidismo, que é quando os níveis hormonais ficam mais baixos, compromete todo o corpo inclusive a produção de novos fios de cabelos.

A doença autoimune o lúpus, onde os próprios anticorpos se voltam contra o nosso organismo, pode causar lesões no couro cabeludo e desnutrição dos folículos.

Nesse caso os rins costumam ser o órgão mais afetado e quando o seu funcionamento fica comprometido, pode ocorrer de os cabelos ficarem mais fragilizados.

Aproveite essas orientações e avalie o que pode estar determinando a sua calvície.

Mais ainda sim existem métodos muito eficientes e naturais de como acabar com a queda de cabelo.

Não deixe de conhecer!

Entenda como reconquistar a ex namorada

Rompimentos é algo que acontece as vezes em um relacionamento. Se você quer saber como reconquistar a ex namorada, provavelmente deve ser porque você acabou um relacionamento recentemente e não tem ideia do que fazer, estou certo?

Relacionamentos vão e vem, e se você não quer que o seu relacionamento vá embora é importante que você lute com todas as suas forças para reconquistar a sua ex namorada.

Nesse artigo eu pretendo te passar algumas dicas para que você aplique e veja se consegue reatar o namoro com a sua ex namorada.

As dicas são bem variadas, e vão desde reconhecer o possível motivo que fez com ela te desse um pé na bunda, até saber se ela é realmente importante pra você e saber o que pode mudar em você para ter ela novamente em seus braços novamente.

Dicas de como reconquistar a ex namorada

Busque entender porque ela te deu o fora

Um erro comum que muitos homens cometem é o de colocar a culpa do término na ex. Acredite, uma mulher nunca rompe um relacionamento a toa.

Você deve ter dado um bom motivo para ela ter se separado de você. Para fazer com que ela volte com você é preciso que você descubra o motivo. E o melhor jeito de fazer isso é perguntando a si próprio. Por exemplo:

  • Será que ela terminou comigo porque eu bebia demais?
  • Será que ela terminou comigo porque quando ela queria conversar comigo eu não dava ouvidos?
  • Será que ela terminou comigo porque eu saia com meus amigos constantemente deixando ela sozinha?
  • Será que ela rompeu comigo porque eu ficava paquerando outras mulheres?
  • Será que ela rompeu comigo porque eu era ruim de cama?

Eu sei que a última pergunta tocou na sua ferida, mas é preciso que você faça esse tipo de pergunta assim mesmo.

Não tente uma reaproximação tão cedo

Muitos homens cometem esse erro, de ficar correndo atrás da ex namorada após ela ter dado um gelo nele. E isso é um grande erro.

É preciso que você deixa a sua ex esfriar a cabeça, principalmente se no término da relação vocês tiverem tido uma discussão feia.

Por isso para de importuná-la por um tempo, isto significa que você não deve mandar mensagens de textos, ou tentar algum tipo de comunicação com ela.

Essa pausa é importante para a mulher, principalmente se a culpa da separação for dela. Se ela perceber que o erro foi dela, cedo ou tarde ela irá entrar em contato com você, querendo reatar o namoro.

Cuide de você quando o namoro acabar

Outro erro bastante comum que muitos homens cometem ao terminar um relacionamento é ficarem desleixados consigo mesmo, não cuidando da saúde física, da mental, da aparência e da auto estima.

Inclusive esse pode ser uma das causas do término do relacionamento, e que você pode corrigir quando não estiver mais se relacionando com a sua parceira.

Nessa pausa você deve tentar melhorar o máximo possível como individuo, seja entrando em uma academia para recuperar a forma física.

Ou procurando algum psicólogo, psiquiatra, caso você sofre de algum problema mental, como ansiedade ou depressão, por exemplo.

Nessa nova fase da sua vida é importante que você agradeça tudo que tem, desde a família, até o trabalho e os amigos.

E também é importante que você reconheça as suas qualidades, e saiba que é um cara legal, e que qualquer mulher gostaria de se relacionar.

Lembrando é claro que isso não pode ser jogado da boca pra fora, você precisa realmente mudar como pessoa se quiser saber como reconquistar a ex namorada.

Comece a manter o contato novamente

Você já sabe porque ela te deu um fora, deu um tempo para a pessoa refletir, e tentou melhorar, sendo uma pessoa melhor.

Agora é a hora de você entrar em contato e mostrar para ela que você merece uma segunda chance.

Isso não significa que em um primeiro contato você deva pedir que ela volte com você, é mais interessante que o primeiro contato seja convidando ela pra alguma atividade interessante, como assistir um filme, ou fazer alguma atividade prazerosa.

Nessa primeira etapa da reconquista você deve passar longe de tocar no assunto do término, é interessante que você faça com que a pessoa goste da sua companhia e de estar com você.

Conforme esses encontros forem acontecendo, você estará mostrando pra sua parceira que não é mais o mesmo cara. É nessa hora que você deve começar a tentar reconquistar a ex namorada.

É importante que você tenha uma conversa saudável com a sua ex. A primeira coisa que deve fazer é perguntar a ela se ela ainda sente atração por você.

Caso contrário se começar a se declarar para ela, caso ela não tenha mais interesse em você, só estará perdendo tempo.

Se ela der o sinal verde, você deve iniciar uma conversa madura com ela, não como menino, mas sim como um homem de verdade.

É importante que essa conversa não se torne uma discussão, você não deve colocar a culpa do término do relacionamento dela, e nem fazer barraco.

Pelo contrário, você deve reconhecer os erros que cometeu no relacionamento, fazer um pedido de desculpas sincero para ela, e demonstrar verdadeiramente que pretende agir melhor nessa nova fase da relação.

Iniciando a nova fase do relacionamento

Já ouviu aquela frase: Atitudes valem mais do que mil palavras? Se você quiser ter sucesso nessa nova fase do relacionamento, você tem que levar essa frase com você ao pé da letra.

De nada adiantará você fazer um pedido de desculpas para a sua parceira dizendo que errou, se continuar cometendo os mesmos erros que fizeram com ela acabasse o namoro com você.

É preciso que você mude e comece agir de maneira diferente. Se você era um cara muito grosso deve tratar as pessoas melhor.

Se era desorganizado, deve tentar ser mais organizado. Se era mulherengo deve parar de ser e ter olhos apenas para a sua parceira.

Outra coisa que você deve fazer caso o relacionamento tenha sido terminado devido a uma infidelidade por sua parte é importante que você seja fiel com a sua parceira.

Caso você tenha traído por não se sentir feliz no relacionamento com sua parceira, uma coisa que você pode fazer é mostrar para ela como você se sente.

Mostrando que deseja uma mulher mais calma, mais atenciosa, mais prestativa, mostrando que quer uma mulher que se cuide mais. Pedir pra pessoa mudar não é nenhum pecado, desde que seja feito da forma correta.

Caso você tenha traído por qualquer outro motivo, e não queira mais trair a sua namorada, é importante que você mostre isso para ela.

Se desligando completamente da outra pessoa, e mostrando para a sua namorada que você tem olhos apenas para ela.

Eu poderia passar horas aqui dando dicas e mais dicas de como reconquistar a ex namorada. Por que há varias coisas que podem e devem ser feitas caso você tenha interesse em reatar um relacionamento.

Mas essa não é a intenção desse artigo. O objetivo desse artigo era ser o mais simples e sucinto possível, com dicas básica para que você reconquiste a sua namorada.

Caso queira um artigo completo sobre como reconquistar a ex namorada, a minha recomendação é que você faça uma consultoria com o Vínicius Santucci do Método Reconquistar. Esse cara é foda e tem muito a te ensinar.

 

Aprenda 7 passos essenciais para fazer o TCC

Todo o final de semestre que se aproxima, milhares de universitários se sentem em apuros na hora de fazer o TCC.

Alguns destes estudantes já desistem no meio do caminho, alguns não conseguem mais dormir, outros sentem febre e outras não param de ir ao banheiro com diarreia, e outras coisas mais…

A grande maioria, neste momento fica totalmente sem rumo e não sabe o que fazer e nem por onde começar.

Se você se encaixa em alguns dos pontos citados acima, fique tranquilo, pois nesse post te ajudarei a como fazer um TCC sem que perca noites de sono ou finais de semana.

passos essenciais para fazer o tcc

Aqui estão 7 passos para fazer a desenvoltura completa do seu TCC:

  • Tempo e informação demais só dificultam

Muitas pessoas começam muito cedo a fazer o seu TCC, esse fator não é de suma importância, visto que as pessoas gostam de longos prazos, pois acham que terão mais tempo para efetuar a tarefa, mas o que se vê, é que acabam por deixar pra lá e o que acontece, acaba por ter que resolver tudo em cima da hora.

O mesmo acontece com as informações excessivas, portanto um menor tempo tende com que as pessoas se foquem mais.

  • Utilize 3 passos na escolha do tema

Passo 1 – Escolha um assunto que desperte interesse em você, não peça sugestões as pessoas

Passo 2 – Analise se há disponibilidade de muitas informações referentes a esse assunto.

Passo 3 – Pesquise se este assunto tem relevância

  • Não busque referencial teórico se não sabe o que escreverá

Primeiramente, monte a estrutura do seu TCC, antes de começar a pesquisar conteúdo sobre o seu tema, defina o Problema de pesquisa, Objetivos Geral e Específicos.

  • A definição do que vai escrever vem do seu objetivo específico

É preciso definir o problema de pesquisa e o objetivo, pois senão você vai continuar na dúvida sobre o que escrever.

  • Todo o roteiro deve estar na introdução

A introdução do seu TCC, tem que dar as pessoas uma ideia de todo o seu trabalho, como se fosse verdadeiramente um roteiro

  • Como fazer o desenvolvimento

No desenvolvimento do seu trabalho os capítulos devem estar relacionados diretamente com os seus objetivos.

  • Não faça um TCC espantalho

Diversos trabalhos de conclusão de curso, até parecem com um espantalho, é um pedaço colado aqui, outro ali e o resultado final é um trabalho horrível sem o menor capricho, é o famoso copia e cola.

Você deve se atentar que o texto tem que ter um contexto, as ideias e os argumentos devem se complementar.

Antes de escrever um capítulo, prepare o roteiro. Isso fará com seu texto ficará de fácil leitura e entendimento.

Conclusão

O seu TCC vai ser bem mais simples do que imagina, basta com isso que tenha as orientações e técnicas corretas.

Caso queira saber mais sobre este assunto acesse: http://tccpronto.net

Entendendo a Candidíase

Candidíase é uma infecção causada por diversas espécies de Candida, mas especialmente a Candida albicans .

Na candidíase o tipo mais comum é uma infecção superficial na boca, na vagina ou na pele que provoca manchas brancas ou vermelhas geralmente provocando coceira e irritação.

Pode acontecer em pessoas com sistema imunológico baixo, infecções graves do esôfago e outros órgãos internos.

Candida está presente na pele, no trato intestinal, e, em mulheres, na área genital, a Candida nessas áreas normalmente não causam problemas.

No entanto, os fungos, por vezes, causam infecção da pele, as membranas mucosas da boca, ou na vagina, essas infecções podem desenvolver em pessoas com um sistema imunológico saudável, mas eles são mais comuns ou persistente em pessoas com diabetes, câncer ou AIDS e em mulheres grávidas.

Candidíase da boca e do esófago são comuns entre pessoas com AIDS.

Candidíase é também comum entre as pessoas tomam antibióticos desenfreadamente, porque os antibióticos matam as bactérias que normalmente vivem no corpo competindo com a Candida, isso faz com que a ela cresça sem controle.

Conheça o site www.candidiasenuncamais.com

A candidíase é uma doença incômoda, mas raramente fatal. No entanto, algumas formas de candidíase são graves. Eles incluem:

  • Candidíase invasiva
  • Candidemia (a forma mais comum de doença invasiva)

Na candidíase invasiva, a infecção se espalha para outras partes do corpo, tais como as válvulas cardíacas, no cérebro, baço, rins, e os olhos. Candidíase invasiva ocorre principalmente em pessoas com um sistema imunitário enfraquecido e em pessoas hospitalizadas. A candidíase é uma das infecções mais comuns adquiridas em hospital.

Candidemia é uma infecção grave da corrente sanguínea. Nos Estados Unidos, Candida é uma causa comum de infecções da corrente sanguínea.

O risco de desenvolver esta infecção é aumentado por certos procedimentos, tais como a cirurgia de grande porte ou o uso de linhas intravenosas ou tubos, particularmente um tubo inserido nas grandes veias do pescoço, peito, ou na virilha (cateter venoso central).

Candidemia é muitas vezes fatal se não for tratada rapidamente.

Os sintomas de candidíase geralmente são:

– Manchas dolorosas dentro da boca

– Machucados nos cantos da boca (queilite)

– A língua fica vermelha, lisa e dolorosa

tratando a candidiase

Quando a pele está infectada, uma erupção queima e desenvolve alguns tipos de assaduras.

Se a infecção se espalha para outras partes do corpo, é mais grave. Ela pode causar febre, um sopro cardíaco, aumento do baço, pressão arterial perigosamente baixa (choque), e diminuição da produção de urina. Uma infecção da retina nas partes interior do olho pode causar cegueira. Se a infecção for muito grave, vários órgãos podem parar de funcionar, e a morte pode ocorrer.

O diagnóstico de candidíase

É feito através da coleta de sangue, ou quando os sintomas são muito evidentes o médico confirma o diagnóstico.

O tratamento de candidíase

Eis um grande problema, na maioria das vezes só é tratado os sintomas e não a causa de tudo isso está acontecendo.

Esse é um fator pela qual as pessoas dificilmente se veem livre da candidíase definitivamente.

Pois os medicamentos atacam diretamente no problema e não na causa do problema.

Nesse site, nós falamos como você vai aprender a combater a causa do problema, sendo assim, seu sofrimento com a candidíase terá um final feliz.

Clique Aqui e Saiba Mais!